Menu

Escola Gianete

Escola Gianete
 


 No dia 14/05 a Professora Ana Márcia  realizou uma aula bastante interessante com os seus alunos do 3º ano C. O tema da aula foi a tecnologia 3D.  Eles aprenderam a técnica por trás dessa tecnologia, viram imagens e assistiram a vídeos fazendo uso do óculos 3D convencional (lentes coloridas).
Nessa aula foram explanados conteúdos relacionados sobre a ótica e a visão. Foram exploradas questões como:
·         O que é preciso para enxergar?
·         O que é visão?
·         O que é ilusão de ótica?
·         Como são produzidos os filmes em 3D?
Enfim, nessa aula os recursos tecnológicos auxiliaram numa melhor compreensão do assunto abordado e facilitou a interação do grupo. Na sequência os conceitos trabalhados e o plano de aula utilizado para ministrar a aula.



ILUSÃO E ÓTICA
Os olhos não têm exatamente a mesma visão da paisagem, e é por isso que conseguimos construir a visão 3D e a percepção da profundidade. A rigor, a terceira dimensão é apenas uma ilusão que só é possível graças à estereoscopia, ou seja, a projeção de duas imagens, da mesma cena, com pontos de observação ligeiramente diferentes.
Os olhos mandam mensagens diferentes para o cérebro sobre uma mesma paisagem. Essas informações são todas processadas pelo cérebro que obtém os detalhes quanto à profundidade, distância, posição e tamanho dos objetos, gerando uma ilusão em 3D na nossa mente.
Veja o esquema:



As Ilusões de ótica são na verdade interpretações do nosso cérebro sobre o que ele percebe através da visão. A visão humana é enganada, fazendo com que a pessoa enxergue um objeto que não está presente, tendo assim uma falsa visão. Essas ilusões podem aparecer naturalmente, ou aparecerem por acaso, para mostrar as condições do sistema visual do ser humano. As imagens que mais causam a ilusão de ótica são as imagens usadas na arte.





É esse o truque utilizado no cinema em 3D: duas imagens com visões distintas de um mesmo objeto são oferecidas uma para cada olho, de modo a emular o que ocorre naturalmente com eles e criar a ilusão de terceira dimensão.

3D convencional (Óculos coloridos)
As lentes coloridas servem para "filtrar" as imagens que são projetadas: uma mais avermelhada e outra mais azulada, ambas da mesma paisagem. Com a ajuda dos óculos, um olho passa a enxergar a imagem avermelhada e o outro, a azulada (em geral o filtro vermelho é usado no olho esquerdo e o azul no olho direito). Esse sistema tem como desvantagem a alteração das cores, a perda de luminosidade e o cansaço visual provocado após seu uso prolongado.

3D atual (Óculos com lentes polaróides)
Com a tecnologia 3D digital, as projeções tridimensionais deixaram para trás as imagens com cores diferentes e passam a usar luzes de polaridades diferentes - uma horizontal e outra vertical, por exemplo - e óculos com lentes do tipo polaróide.
Nos filmes que utilizam essa tecnologia, em vez de um amontoado de imagens bicolores (azul e vermelha), quando vistas sem os óculos as imagens parecem apenas embaçadas. Essa tecnologia tem a vantagem de fazer a informação chegar ao nosso cérebro da mesma maneira que quando observamos a paisagem naturalmente, sem distorcer a coloração final da imagem formada em nossas mentes.
       Para que a ilusão em 3D seja possível, a captação das imagens não pode ser feita de qualquer forma. Ela considera a estrutura da visão, (uma imagem para o olho esquerdo, ima imagem para o olho direito, resultando em outra imagem a partir da interpretação do cérebro.) Assim na filmagem, devem ser geradas duas imagens concomitantes, simulando o olhar humano. Para tanto, é utilizada uma câmera com duas lentes, colocadas a aproximadamente seis centímetros uma da outra - distância equivalente o espaço entre os olhos de uma pessoa adulta.

PLANO DE AULA
Dados de Identificação
Série:
ano do Ensino Fundamental;
Duração:
 1 aulas
Conteúdos:
Visão e Ótica
Objetivos:
-          Entender como está estruturada a visão;
-          Compreender como acontecem as ilusões de ótica;
-          Aprender algumas curiosidades por trás do cinema 3D.
Materiais:
      Papel celofane (azul e vermelho)
      Papel 40
      Papel cartão
      Imagens (em 3D e em 2D)


DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE

-          Iniciar a aula questionando a turma se alguém assistiu a algum filme em 3 dimensões (3D) ultimamente;
-          Qual tipo de imagem eles preferem: o filme "normal" ou em 3D?
-          Alguém tem ideia como funcionam as projeções em 3D?
-          Iniciar a discussão a partir do que as crianças forem falando, fazer anotação das hipóteses para posteriores confirmações ou refutações.
-          Após a apresentação das hipóteses das crianças, comentar com elas a matéria “ O Visionário de Avatar” (VEJA)
-          Em seguida trabalhar:
-           como podemos enxergar?
-           o que é ilusão de ótica?
-           entre outros conceitos.
-          Trabalhar questões relacionadas a visão;
-           percepção de profundidade, responsável pela noção de tridimensionalidade;
-          Atividade com o ponto desenhado;
-          A partir daí apresentar outros conceitos.
Encerre a aula questionando a turma sobre que outras formas poderiam ser utilizadas para produzir a ilusão em 3D. Peça a eles que pesquisem em casa e tragam novidades para a próxima aula.
Explique à turma que, atualmente, com a tecnologia 3D digital, as projeções tridimensionais deixaram para trás as imagens com cores diferentes e passaram a usar luzes de polaridades diferentes - uma horizontal e outra vertical, por exemplo - e óculos com lentes do tipo polaróide.

Avaliação:
            Será avaliado o aluno dentro de uma perspectiva conceitual e processual, observando as formas como o aluno se apropria do conhecimento apresentado e sua participação durante a atividade realizada.


Sites utilizados:


Postar um comentário

 
Top